O meu desafio: perder peso!

06:52

Sempre fui gordinha e por diversas vezes desejei perder peso, não pelos outros, mas por mim. Porque se eu não me amar não são os outros que vão gostar de mim. Podemos ser altas ou baixas, gordas ou magras, loiras ou morenas, a aparência pouco importa. Acredito que cada pessoa tem a sua beleza, o seu modo de encarar a vida.

Na adolescência comecei a querer fazer dieta e no secundário perdi algum peso, o suficiente para vestir um biquíni na praia, para me sentir bem. Mas quando fui para a universidade comia e bebia tudo o que me apetecia. Era uma excelente dona de casa e uma excelente cozinheira, talvez por isso os meus amigos aparecessem todos à hora das refeições (é que não falhavam uma). E com tantas maravilhas claro que engordei. Mas a vida deu muitas voltas, vivi em diversos lugares, caminhava imenso diariamente e o peso estabilizou, acho que em 2012 até perdi um pouco com o stress do dia-a-dia em Lisboa.   


Mas em 2014 comecei a trabalhar numa Organização Não Governamental e era o dia todo sentada frente ao computador, eu e as minhas bolachinhas, então imaginem o estrago. Ganhei 10kg num ano e não podia engordar mais pela minha saúde.

Foi precisamente nesta altura que uma colega minha de secundário me convidou a conhecer a Herbalife. Claro que ao início resisti, porque não queria substituir as refeições por batidos e achava os produtos demasiado caros.

Fiquei a pensar no assunto, os prós e os contras, sim, não, talvez. E a decisão foi sim. Em Junho de 2015 comecei a Herbalife e em Setembro de 2015 tinha menos 12kg. Os resultados estavam à vista, a roupa ficava-me larga e o estômago tinha diminuído 20 centímetros. Fazia uma alimentação equilibrada e houve alimentos que proibi a mim mesma. E durante 4 ou 5 meses tudo correu bem, mas em Novembro comecei a comer um docinho a mais, uma fatia de pão, uma batata frita. Pequenas coisas que fazem a diferença. Continuei a perder peso, mas era uns 400 gramas por semana, nada de muito significativo.


Quando o fim do ano chegou pensei que em 2016 é que era, que ia fazer tudo direitinho para ter grandes resultados… bem, e fiz, durante uma semana! Depois era batido dia sim-dia-não, era pão, um bolinho, carne, peixe, sopa, comia de tudo, com moderação, mas estava cansada dos batidos. Continuei assim até ao fim de Abril, quando disse totalmente adeus à Herbalife.

Aqui escrevi a minha história, que teve como objetivo uma coisa: dar a minha opinião sobre um produto que conheço muito bem, do qual não recebo qualquer patrocínio, e apenas vou falar dele para esclarecer pessoas que, como eu, tinham dúvidas. Queria falar da Herbalife neste post, dos produtos, dos pós e contras, mas acho que me estendi demais, então vou deixar para o próximo artigo. Mas também acho que esta explicação era necessária para perceberem que falo porque consumi, porque perdi peso, porque vivi a experiência.

Talvez também gostes destas histórias!

3 comentários

  1. Ritinha adorei este artigo ♡ tu és linda . Todas somos lindas com mais ou menos kilos , ou mais ou menos altura . Mas realmente pelo que percebi essa coisa dos batidos resulta mesmo. Mas sejamos sinceras , não é qualquer pessoa que aguenta . Eu não conseguia mesmo .
    Beijinho grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está ai o problema, percebeste princesa, e uma latinha de batido custa mais de €40, mais €30 na proteína, mais €50 em comprimidos... bem, é preciso €200 por mês. Mas nunca provaste nada Herbalife?

      Eliminar
  2. Olha Rita adorei o que li. Eu própria perdi 13 quilos no espaço de um ano, mas não recorri a esse sistema, apesar de uma amiga me ter moída a cabeça, porque fazendo as contas era insustentável para mim o valor que teria de gastar mensalmente. Fiz tudo pela minha cabeça, muita pesquisa e a verdade é que eu sinto-me muito melhor como estou agora, mas se as pessoas se sentem bem com mais uns quilos, excelente, e eu não aponto o dedo a ninguém. Mas eu tinha de perder porque EU não me sentia bem comigo mesma (e depois cansava-me muito, doíam as cotas...) Gostei Rita. Beijo meu doce

    ResponderEliminar