Cavitação, como eliminar a gordura localizada?

07:12

A cavitação é um método indolor, que permite acabar com a gordura localizada, reduzindo alguns centímetros na zona a ser tratada

Qual é a mulher que não sonha com um corpo fabuloso, onde a gordura localizada fosse eliminada de forma definitiva? Se até ao momento a solução mais eficaz para resolver este tipo de problema era a lipoaspiração, frequentemente evitada por se tratar de um método invasivo com eventuais complicações associadas, a verdade é que existe uma técnica que garante os mesmos resultados, atuando de uma forma segura, não-invasiva e indolor – a cavitação.

Os aparelhos utilizados na cavitação funcionam à base de ultrassons de baixa frequência, que vão induzir a formação de microbolhas de ar sob o tecido adiposo. As células gordas têm uma membrana muito ténue que se fragmenta sob a pressão exercida pelas microbolhas, libertando a gordura que contêm. Este processo vai permitir, mais tarde, a eliminação completa da gordura contida nessas células, que se processará através do sistema linfático e urinário. Em caso algum esta gordura entrará em contacto com o sangue, pelo que não faz qualquer sentido o mito de que a cavitação contribui para o “sangue gordo”.



Ao contrário da lipoaspiração, por exemplo, a grande vantagem da cavitação é que permite esculpir o corpo, eliminando facilmente as gorduras em excesso, ao mesmo tempo que torna desnecessário os exames e consultas pré-operatórios, anestesia, intervenção cirúrgica, cuidados pós-operatórios e período de recuperação, com os inerentes riscos a todo o processo cirúrgico. Durante a cavitação não é utilizada qualquer técnica de sucção ou outras técnicas invasivas pelo que, para além de ser de um tratamento seguro, é também um tratamento indolor. Após o tratamento, o cliente pode regressar imediatamente à sua rotina quotidiana.

Os resultados obtidos com a utilização desta técnica têm vindo a revelar-se muito bons, na medida em que a cavitação permite eliminar definitivamente a maioria das células adiposas. E estes resultados são, habitualmente, visíveis logo na primeira sessão.


O tratamento é indolor, não sendo necessário hospitalização nem o recurso a anestesia. Este produz um efeito relaxante. Logo após a primeira sessão, o paciente apresenta resultados visíveis, sendo que, perde em média 3 centímetros. Devem ser realizadas entre 6 a 12 sessões, dependendo a zona a ser tratada e da quantidade de gordura a eliminar, mas o processo é relativamente rápido.

A cavitação oferece segurança máxima ao paciente, porque o próprio aparelho vai diagnosticar a área a ser tratada e controlar o tratamento a ser realizado. Este tratamento é bastante eficaz, contudo, se não alterar os hábitos alimentares, nem praticar exercício físico, pode voltar a engordar. O paciente deve utilizar em casa, duas vezes ao dia, uma emulsão que tenha uma ação lipolítica e hidratante. Durante o tratamento é aconselhável fazer uma dieta equilibrada e beber muita água.

Talvez também gostes destas histórias!

3 comentários